BEHIND the FASHION

O poder das pequenas coisas

Folhadela Jewellery

“O que distingue a Folhadela Jewellery
é sem dúvida toda a paixão que imprimimos nas peças que criamos.
Conseguir passar as nossas emoções para o cliente e consequentemente fazer com que
este se apaixone pelo nosso trabalho através do produto final é extraordinário.”

Q & A

Entrevista por Maria Ana Marques

No Porto descobrimos a Folhadela Jewellery, uma joalharia actual que combina as mais antigas técnicas e conhecimentos. Assim que entramos no atelier a curiosidade aumentou e após uma pequena introdução, com o joalheiro e criador da marca, José Miguel quisemos saber mais. Fomos recebidos numa sala de estar com uma decoração repleta de bom gosto. Em tão pouco espaço não nos era possível imaginar o que se passava naquele local.

Quase que transportados para outra realidade, fomos encaminhados para uma porta que nos levou para a oficina onde todas as peças são executadas. É impossível resistir à tentação de conhecer todo o processo que envolve a criação das peças que José Miguel sonha.

Inspiradora e moderna esta marca vai levá-lo a perder-se na descoberta de inúmeras peças únicas.

LER REPORTAGEM COMPLETA

1. Como nasceu a Folhadela Jewellery (FJ)?
A Folhadela Jewellery nasceu com o “empurrão” de três amigos (Alberto Formigal, Frederico Themudo, Gustavo Barata) que acreditavam que “o Folhadela” tinha algum jeito para jóias. Tornaram-se meus sócios e ajudaram-me a criar a FJ.

2. Em que momento decidiu que era este o caminho que queria seguir?
Na escola onde eu andava no 9º ano foi proposto aos alunos que queriam seguir a área de artes uma visita a Escola Soares dos Reis por ser uma escola unicamente direccionada para o ensino artístico. Durante a visita, ao entrar nas oficinas de ourivesaria, fiquei fascinado com todo aquele mundo de ferramentas, máquinas e com todo o trabalho artesanal que envolvia cada processo. Foi nesse dia que decidi que este seria o caminho que queria seguir profissionalmente!

3. Que conselho daria a alguém que está interessado em seguir o/a mesmo/a caminho/profissão que o José Miguel?
O melhor conselho que posso dar a alguém que esteja a pensar em seguir esta área é tentar trabalhar/estagiar numa oficina onde ainda se usem as mais antigas técnicas de ourivesaria, e absorver ao máximo, passo a passo, todos os processos de manufactura de uma peça.

4. Qual foi o seu maior desafio até agora?
Não consigo enumerar um único grande desafio, mas sem dúvida que os maiores são quando um cliente pede para fazer uma peça para oferecer, não fazendo a mínima ideia do que quer, nem quais são os gostos da pessoa que a vai receber, tendo assim de “adivinhar” se seria melhor um anel, uns brincos, uma pulseira, se em ouro amarelo ou ouro branco, com pedras ou sem pedras, e que pedras? Assim, torna-se um grande desafio a criação destas peças.

5. Quem são os seus clientes?
O nosso público gosta de peças com um ar actual mas maioritariamente produzidas com as mais antigas técnicas, valorizando sempre o facto de que cada uma delas passou pelas nossas mãos e que neste trabalho depositámos a paixão que temos pela ourivesaria.

6. Qual a melhor parte do seu trabalho?
Há duas partes muito boas. A primeira passa por ver o nosso esforço reconhecido perante os outros. A segunda é quando após horas de trabalho debruçado numa peça a vou polir. É tão compensador quando esta começa lentamente a ter o brilho do metal e consigo observar a materialização do esforço! Quando há peças que dão mais “luta” dá sempre direito a cantorias e danças quando a peça se torna real.

7. Como se imagina daqui a 10 anos?
Neste momento pretendo de uma forma sustentada e ponderada implantar a Folhadela Jewellery no mercado nacional. Mais tarde, espero que esta seja uma referência em Portugal e no mundo. Desejo que sobretudo consigamos marcar a diferença no quotidiano das pessoas com aquilo que sonhámos e concretizámos.

8. Qual o seu conceito de sucesso?
O sucesso para mim passa sem dúvida pelo reconhecimento da Folhadela Jewellery como uma marca de referência no sector da ourivesaria/joalharia.

9. Numa frase como descreveria a Folhadela Jewellery junto dos outros.
Uma marca tradicional com olhos postos no futuro.

www.folhadelajewellery.com
www.facebook.com/folhadelajewellery
www.instagram.com/folhadelajewellery


Fotografia por Pedro Lucas