BEHIND the LIFESTYLE

Fundamental é aprender a olhar

Francisco Prata

“Acho que é preciso ser-se apaixonado pelo que se faz, aliar isso a um bom trabalho de casa faz toda a diferença no produto final. E eu enquanto tiver olhos continuarei a fotografar…”

Francisco Prata behind the scenes

Q & A

Entrevista por Maria Ana Marques

A entrevista com Francisco Prata é daquelas que estava guardada no baú. Além de ser um dos fotógrafos de publicidade mais conhecidos e requisitados portugueses é daquelas pessoas que têm mil histórias para contar. Durante a nossa conversa foram contadas algumas… Eu queria saber mais, descobrir mais, explorar e aprender com alguém com mais de 40 anos de experiência e conhecimento numa área que me desperta interesse.

A sua entrada no mundo da fotografia surgiu por acaso. Foi convidado para assistente por um dos poucos fotógrafos portugueses nos anos 70, “na altura não comecei logo a trabalhar com publicidade, foi mais em moda.”

O fotógrafo correu o mundo, passou por “quase” todo o lado e defende que a fotografia publicitária é uma excelente área para se aprender e crescer, “somos confrontados com uma série de objectos, situações e elementos que temos de fotografar nas condições que nos deram, ou seja, obriga-nos a desenvolver mais capacidades. A verdade é que dá uma grande estaleca. Nós como fotógrafos temos de olhar, reunir uma boa equipa e acrescentar algo mais, o nosso toque, ao produto final.”

Francisco Prata, acabou por ser convidado para ir para Luanda durante um período de tempo para trabalhar na área de publicidade, contudo tem aproveitado para percorrer o país e captar o que aquela terra tem de incrível… As histórias são milhares e as que ouvimos fazem-nos querer partir em aventura com ele.

LER REPORTAGEM COMPLETA

1. Quando está a captar uma imagem sabe que já tem a fotografia certa?
Sim, sei logo. Gosto sempre de tirar mais umas para o caso de surgirem imprevistos mas sei logo que “aquela é a fotografia”.

2. Quem é que mais o inspira?
Não tenho ninguém em especial… Estou constantemente a ver imagens.

3. Qual o trabalho que mais o marcou?
Fora do âmbito publicitário, há dois anos fiz um trabalho sobre a mulher angolana para a Sonangol. Fomos acompanhados por uma antropóloga e em 50 dias percorremos 18 províncias. Chegámos a fazer 1000km por dia. Foi um trabalho muito gratificante e talvez o que mais me tenha marcado.

4. O que acha que é preciso para se ser um bom fotógrafo?
Acho que compreender a luz, saber ler a luz sobretudo… Não é só preciso dominar a técnica como muitos acham. Ler, observar, procurar e aprender com aqueles que sabem mais do que nós. Errar e tornar a fazer melhor… Mas com trabalho e dedicação tudo se aprende por isso quem se dedicar poderá ser um bom fotógrafo.

5. O que é o sucesso para si?
Sucesso é trabalho… Muito trabalho.

www.instagram.com/kikulungo

Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes
Francisco Prata behind the scenes


Fotografia por Pedro Lucas