BEHIND the LIFESTYLE

O mar, as pranchas e a boa disposição estão cá

Surf Lisbon House & School

“Mais do que uma casa é uma escola,
sobretudo para pessoas apaixonadas pelo surf.
A Surf Lisbon House & School está a postos
para lhe proporcionar momentos inesquecíveis.”

Fotografia por Pedro Lucas

Q & A

Entrevista por Maria Ana Marques

Tudo começou em 2008, com a fundação da Puro Surf que mais tarde veio dar lugar à Surf Lisbon. O Nuno Sequeira ou como é chamado o “Copos”, já trabalhava no Surf desde 2002 e tinha passado por várias Escolas e Grupos de Treino. Como nos contou, devido a várias circunstâncias mas acima de tudo pela experiência prática e académica acumulada decidiu que aquele seria o ano certo para dar início à sua própria Escola de Surf.

A Surf Lisbon House & School tem tudo pensado ao pormenor, foi decorada com mobiliário que oferece o máximo conforto, que tornam este espaço acolhedor e informal. Quem entra no alojamento é surpreendido com pormenores, significativos e curiosos. Nuno contou-nos que no final do dia o mais importante “é ter a oportunidade de ver nos alunos o sentido de superação e a alegria durante as sessões e no fim claro, ouvir e ler o feedback”.

Desfrutar de umas férias memoráveis e divertidas, e encontrar espaço e tempo para relaxar, ao mesmo tempo que se desfruta de perfeitas condições do mar para iniciantes e avançados surfistas durante todo o ano devido às diversas praias ao longo da costa portuguesa, ideais para aulas de todos os niveis de surf. A vista para o mar perde-se quase como se estivéssemos literalmente numa casa na praia, o ambiente acolhedor e a “super boa onda” que fomos encontrar na Surf Lisbon House & School tornou-a ainda mais fascinante.

LER REPORTAGEM COMPLETA

1. Em que consiste a Surf Lisbon House & School? O que vos distingue essencialmente?
Aqueles que podem descrever essa distinção serão, porventura, os clientes. Aquilo que tentamos é satisfazer o cliente/aluno proporcionando a melhor qualidade possível no serviço que este está a adquirir, seja apenas uma experiência de uma vez na vida para quem nunca viu o mar mas também para aqueles que se mantêm fiéis à nossa Escola há vários anos e continuam a evoluir nesta modalidade connosco. Essa qualidade tentamos garanti-la através de professores experientes e profissionais, de grupos reduzidos, da escolha dos locais/praias mais adequadas para as aulas, de providenciar equipamento em bom estado, garantir cobertura para qualquer incidente através de seguros próprios para o efeito, de cumprir com as obrigações e responsabilidades perante o Turismo de Portugal, Federação Portuguesa de Surf, Capitanias, AT, etc…

2. Como é um dia típico aqui na Surf Lisbon House & School?
Um dia típico pode variar em função da época do ano mas no geral é organizar o equipamento, recolher os alunos que precisem de transporte para a praia, conduzir até lá sempre com uma boa música ou uma boa “estória” para contar, desfrutar a praia e a aula ou aulas desse dia, envolvendo todos os alunos na paixão que nos move pelo Surf. Regressar a casa cansados mas com a certeza de mais um dia bem passado e mais algumas vidas que tocámos ao partilhar a experiência do Surf.

3. Contém-nos uma estória que tenha ocorrido na Surf Lisbon House & School e que tenha sido marcante.
Bom, “estórias” há muitas e a grande maioria vão manter-se como algumas das melhores ondas, em segredo… hehehe. Haveriam muitos acontecimentos para contar mas assim de repente lembro-me de uma participação muito engraçada numa novela da TVI e também outra num programa infantil. Um evento com um grupo de senhoras de uma faixa etária bem acima da média em ondas também elas com tamanho acima da média! Várias viagens para as Maldivas, Brasil e também dentro do nosso Portugal… Bom, agora nunca mais acabava!

4. Qual foi o maior desafio até agora?
O maior desafio acontece todos os dias pois é uma adaptação constante. O cliente que procura o Surf mudou: hoje em dia é um cliente mais instruído, numa faixa etária mais elevada, mais exigente. O desafio é corresponder às expectativas de todos e melhorar o nosso serviço adaptando-o ao mercado.

5. Que evolução notam no mercado?
Mantém-se a busca por uma actividade física de elevado prazer físico e emocional. É a busca do “verão sem fim”, do bronzeado, do corpo em forma, de um certo estilo de vida (ou de uma vida com estilo), do contacto com o mar e com outros pois apesar do Surf ser uma modalidade individual também o é social.

6. Qual é o tipo de público que vos procura? Estrangeiros? Portugueses?
Ambos os públicos mas nos últimos anos notou-se uma quebra no aluno nacional, talvez pela “crise”, e uma grande procura do cliente estrangeiro. O turismo cresceu bastante no nosso país e o turismo de Surf igualmente. Este crescimento deve-se, na minha opinião, a eventos internacionais de Surf que acontecem anualmente em Portugal, ao fenómeno da onda da Nazaré, ao facto de termos tido um surfista português (Tiago Pires) na elite do Surf mundial nos últimos anos e, claro, pelo trabalho que se tem vindo a realizar fazendo com que os clientes gostem e regressem!

7. O que ambicionam fazer num futuro próximo?
Continuar a poder orgulhar-me de uma equipa coesa e profissional e poder proporcionar a essa equipa melhores condições dada a (ainda) relativa sazonalidade que sofremos. Continuar a evoluir sustentadamente deixando a praia e as melhores ondas para os surfistas locais e mais experientes uma vez que o aluno de uma Escola de Surf não necessita da melhor onda da praia para evoluir e divertir-se. Promover um associativismo entre as escolas mais conceituadas (e legais!) para subir a fasquia e profissionalizar esta actividade.

8. Como se imaginam daqui a 10 anos?
A fazer exactamente o mesmo nas nossas praias limpas e sem poluição e/ou intervenções políticas que deem cabo delas. A trabalhar num sector mais bem regulamentado e organizado para as aulas terem também elas mais qualidade formando melhores surfistas e pessoas. E claro, a surfar altas ondas (apesar de 10 anos mais velhos!)!

9. Qual o vosso conceito de sucesso?
É sermos nós próprios quando estamos a trabalhar… sérios, competentes, profissionais. Não há qualquer segredo e quando assim acontece tudo é mais fácil e corre da melhor maneira.

10. Numa frase como descreveriam a vossa Surf Lisbon House & School junto dos outros.
Ao invés de descrever prefiro fazer um apelo: Venham Surfar Connosco!

www.surflisbon.com
www.facebook.com/SurfLisboa